Blog

Inauguração da Oficina Ortopédica “Fritz Gut” e Visita do Rei Pelé

A Inauguração da Oficina Ortopédica “Fritz Gut” e Visita do Rei Pelé alguns dos diversos acontecimentos que ajudaram a CES e seus pacientes nos anos 60.

Na década de 1960, a CES ofereceu tratamento especializado para cerca de 1.963 crianças. Uma grande satisfação para o presidente, Dr. Samuel Augusto Leão de Moura, pois a instituição estava crescendo e ajudando, cada vez mais, famílias que jamais teriam acesso a esse tipo de tratamento de forma gratuita.

Mas aqueles que faziam parte dessa grande Instituição queriam ainda mais, e ao analisarem as necessidades dos pacientes, notaram que grande parte precisavam do auxílio de aparelhos ortopédicos. Com a ajuda da Legião Brasileira de Assistência, foi possível, por meio de comodato, expandir o terreno da Instituição para a construção da Oficina Ortopédica “Fritz Gut”, onde seriam produzidas botas e aparelhos ortopédicos.

Oficina Ortopédica Fritz Gut

Oficina Ortopédica Fritz Gut

A Oficina Ortopédica foi nomeada como “Fritz Gut” em homenagem ao sócio benemérito, que foi um dos grandes colaboradores para construção, instalação e manutenção do Hospital Casa da Esperança.

Ainda nos anos 1960, a CES conquistou sua certidão de Utilidade Pública Municipal, tornando-se uma Instituição filantrópica de acordo com a Lei Municipal de nº 2.615. Com essa certidão diversos caminhos se abriram para a ampliação dos atendimentos da Instituição.

Os anos 1960 foram especiais para a Instituição, que ganhava cada vez mais visibilidade e conquistava a comunidade da Baixada Santista. Conquistando até mesmo a atenção do rei. Sim! O nosso rei Pelé, que visitou a CES, conheceu as instalações e os tratamentos realizados. Admirado com o trabalho realizado com tanta “dedicação e carinho”, Pelé ofereceu a Instituição uma cópia do seu filme “O Rei Pelé”, antes mesmo de sua estreia nacional e mundial, deixando à disposição da Instituição a possibilidade de organizar a pré-estreia de seu filme na cidade de Santos.

Visita_Rei_Pelé_na_CES

Visita do Rei Pelé em 1963

Junto com a cópia do filme, Pelé deixou uma carta:

“Sendo do meu conhecimento, a dedicação e carinho que Vv. Ss. olham pelas crianças defeituosas de nossa terra, não poderia deixar de, nesta oportunidade, contribuir com uma parcela, para que essas pequenas criaturas, possam ter um viver mais feliz.

Estando de posse de uma cópia do meu filme “O REI PELÉ”, que dentro em breve, estará sendo exibido em todo o Paiz e mesmo em todo mundo, venho pela presente, oferecer-lhes a possibilidade de se efetuar em nossa cidade, em data e local a serem designados por Vv. Ss. uma Havant-premiére do citado filme.

Sendo do interesse dos Senhores Diretores o acima exposto, quero lhes adiantar que está o meu procurador Snr. José G. Ozores, autorizado a lhes prestar os mínimos detalhes sobre o assunto.

Tôda e qualquer propaganda,  ou quaisquer propaganda, ou quaisquer outras providências para a efetivação do espetáculo, deverão ser solucionadas por Vv. Ss. pois não me resta tempo suficiente para poder lhes acompanhar neste particular.

Aproveito a oportunidade para apresentar-lhes.

Cordiais Saudações

Edson Arantes do Nascimento”

 Carta-Rei-Pelé

Carta Rei Pelé sobre a cópia do seu filme

Fonte: Acervo da CES

 

Newsletter

Ícone Whatsapp