Blog

Dia Mundial da Conscientização da Paralisia Cerebral

Em outubro foi o Dia Mundial da Conscientização da Paralisia Cerebral, data idealizada com o objetivo de garantir a igualdade de direitos, acessos e oportunidades às pessoas com Paralisia Cerebral (PC).

Considerada a deficiência física mais comum na infância, hoje atinge o número de 17 milhões de pessoas no mundo com Paralisia Cerebral e é caracterizada por alterações neurológicas permanentes com prejuízo motor, prejudicando o movimento e a postura do corpo. Além disso, pode gerar outras alterações como deficiência intelectual, epilepsia, alterações visuais e auditivas e dificuldades de aprendizado.

As causas da Paralisia Cerebral são alterações cerebrais ocorridas como: complicações maternas na gestação, intercorrências durante o nascimento, ou agressões cerebrais pós-natais até os 3 anos de idade (traumas cranianos e encefalites, por exemplo). Seu diagnóstico pode ser feito com o exame neurológico realizado no primeiro ano de vida do bebê. Os exames de imagem ajudam na definição da cauda e no prognóstico. A partir da confirmação da deficiência, o tratamento pode ser iniciado. 

O tratamento para a PC é multidisciplinar com uma equipe de reabilitação composta de fisioterapeutas, fonoaudiólogas, terapeutas ocupacionais, psicólogas, pedagogas, nutricionista, serviço social, além da equipe médica. Aqui na CES, a equipe responsável pela reabilitação das crianças é composta por diversos profissionais capacitados, que trabalham em conjunto para estimular os pacientes e trabalhar a inclusão no ambiente familiar e até escolar.

Newsletter

Ícone Whatsapp